Notícias

5ª edição da Feira Brasileira do Varejo é aberta oficialmente em Porto Alegre

Na manhã desta quarta-feira (12/07) foi aberta a 5ª edição da Feira Brasileira do Varejo (FBV) no BarraShoppingSul, em Porto Alegre (RS). De acordo com o presidente da FBV, Ronaldo Sielichow, o evento traz ao público boas práticas para vencer as adversidades. “É preciso capacitar os empresários para que eles cresçam cada vez mais. Estamos trazendo o que há de mais novo no quesito tecnologia,e palestrantes renomados falando sobre temas chaves para o setor, além de promover o networking e criar um local ideal para firmar negócios”, destacou, acrescentando a necessidade da união entre empresários, entidades e governo. “Juntos faizemos melhor”, afirmou.

Já o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, apontou que o produto vem perdendo o protagonismo. “Há um distanciamento muito grande entre pisar na loja e realizar uma compra, por isso precisamos focar em experiências e inovações. O Sindilojas está pensando no progresso e no desenvolvimento do setor. Em cinco, dez anos, o varejo mudará e com a FBV oferecemos a oportunidade para que o lojista se qualifique”, ressaltou, destacando que só com conhecimento e capacitação será possível ter uma cidade melhor, um Estado melhor e um País melhor. O presidente da Fecomércio, Luiz Carlos Bohn, realçou que a discussão e o conhecimento serão frutíferos e ajudarão a construir um Brasil moderno. “Estou diante de homens e mulheres que representam uma retomada nos negócios”, analisou.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, expôs sua admiração à FBV, que se manteve mesmo em um momento de crise que o setor político gerou e disseminou por toda a sociedade. “Não podemos viver de críticas vazias. Todos nós temos responsabilidade com a cidade e, se quem sofre com isso não se organizar, jamais vamos sair do ‘buraco’. Vendo de perto está Feira, me sinto motivado a pedir ajuda para continuar”, enalteceu. Nesse sentido, o governador do Estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, saudou a presença de todos entre expositores, visitantes, empresários, autoridades. “Devemos valorizar o trabalho das pessoas que estão aqui, somente com a união chegaremos ao desenvolvimento. Ideias novas também trazem novos resultados e isso resume a Feira Brasileira do Varejo”, enalteceu. Para Sartori, a FBV é prova de que a crise é uma oportunidade de crescimento e mantê-la prepara não só os lojistas, mas como a sociedade para o futuro.

Em paralelo à Feira acontece o Congresso Brasileiro do Varejo que segue até sexta-feira (14) com especialistas de renome nacional e internacional em áreas como franquias, inovação, empreendedorismo, economia e marketing digital. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas direto no credenciamento do evento.            

RS MODA é aberta ao público

Em paralelo à 5ª FBV e com o objetivo de fortalecer a conexão entre as pontas da cadeia têxtil e do vestuário do Estado e valorizar a produção regional, o Sivergs (Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado do Rio Grande do Sul) promove o evento RS Moda – Indústria & Varejo Conectados. A Feira também foi lançada nesta quarta-feira (12) logo após o lançamento da FBV. O governador Sartori ressaltou que os eventos significam uma caminhada para que o futuro se estabeleça. Entre 40 e 50 marcas 100% gaúchas devem participar do RS Moda, lançando as coleções de verão 2017/18.