Notícias

Vendas de Dia das Mães apresentam queda de 1% na Capital, segundo Sindilojas Porto Alegre e CDL POA

A ausência do frio e a chuva na véspera do Dia das Mães contribuíram para que o desempenho do comércio para este ano, na Capital gaúcha, ficasse abaixo do esperado. Um levantamento da CDL POA e do Sindilojas Porto Alegre aponta para uma queda de 1% nas vendas, em comparação com o mesmo período do ano passado. Anteriormente, a projeção era de crescer 8% nominal.

“Se o clima estivesse mais frio e o quadro geral na política estivesse um pouco melhor definido, provavelmente, as compras teriam sido melhores nesta, que é considerada a segunda data comemorativa mais importante para o varejo”, destaca Alcides Debus, presidente da CDL POA. “Mesmo assim, estamos confiantes com a retomada do varejo e percebemos que alguns artigos, como vestuário e calçado, já conseguiram resultados melhores”, observou Debus.

Embora as vendas tenham sido abaixo do esperado a queda não foi tão expressiva, segundo o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse. “Os saques do FGTS já estão movimentando positivamente o varejo gaúcho e a maioria dos empresários que consultamos indicaram um aumento de 5% nas vendas neste período. E isso já motivou que o resultado de Dia das Mães fosse baixo, mas sem um impacto tão significativo nos negócios”, aponta.