Notícias

Aumenta a procura por aquecedores, splits e secadoras no comércio da Capital

As baixas temperaturas têm ocasionado um movimento maior em 93% das lojas de eletrodomésticos, materiais de construção e ferragens de Porto Alegre. E o motivo é a procura por produtos para encarar o frio, segundo o que indica um levantamento recente do Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre. Aquecedores elétricos e a óleo são os mais procurados, seguidos de aparelhos de ar-condicionado, splits e de secadoras de roupas.

A pesquisa revelou também que os resultados das vendas de aquecedores, inclusive, superam os obtidos no mesmo período de 2018 em metade das lojas da Capital. Os modelos de aquecedores mais vendidos giram em torno de R$ 185,00; O preço médio dos aparelhos de ar-condicionado e splits tem ficado, em média, em R$ 2.713,00; Já as secadoras mais compradas custam em torno de R$ 597,00. O levantamento indicou que produtos que consomem menos energia são a preferência de 64,3% das pessoas, de acordo com os lojistas.

E com a chegada dos dias frios, outro fator que aumenta é o otimismo dos comerciantes: 52,4% dos entrevistados acreditam que este inverno será mais lucrativo que o do ano passado. Já para 40,5% dos lojistas, as vendas deverão ser semelhantes, e para apenas 4,8% os resultados devem ser menores este ano. Outros 2,4% não souberam opinar.