Notícias

Conexão Varejo: consumo de vídeos entre os brasileiros está aumentando

O brasileiro consome cada vez mais vídeos. Conforme a pesquisa Video Viewers 2018, encomendada pela Google, o consumo de vídeos online aumentou 135% nos últimos quatro anos, chegando a 19 horas semanais. No ano passado, o tempo médio foi de 15,4 horas por semana. Por isso, apostar nesse formato é uma excelente estratégia para se conectar ao consumidor.

Motivações

Aposte em conteúdos divertidos e informativos, que são o que mais atraem a atenção do público. A busca por entretenimento é o que mais leva as pessoas a consumirem vídeos na internet (38,7%). Em segundo lugar aparece a procura por conhecimento (29,8%), com a maioria dos interessados buscando se aprofundar ou se atualizar sobre os temas do seu interesse.

Mais buscados

Seja qual for o seu segmento de atuação, produza vídeos instrutivos e coloque o espectador como protagonista da ação. O YouTube é o meio mais procurado para vídeos. Por lá, 93% buscam conteúdos para aprender a fazer pequenos reparos em casa; 87% para desenvolver novas habilidades profissionais e 73% para ver dicas fitness e de esportes.

Conteúdo

Selecione um bom tema e apresente um conteúdo interessante. Não basta fazer somente vídeos mostrando produtos, o que o consumidor quer é informação. Ensine-o a usar os objetos, a criar combinações diferenciadas, a explorar ao máximo os produtos que comprou da sua loja. Dessa forma, ele vai voltar para ver o que mais a sua loja tem a dizer.

Recursos

Crie roteiros semanais com assuntos que interessem o seu público e faça o canal da sua marca atrativo. A alta qualidade da maioria dos celulares permite que eles atendam muito bem a tarefa de gravar vídeos. Para isso, saiba quais os limites da sua tela e atente para os ícones que entram automaticamente no vídeo de acordo com cada plataforma para não cortar sem querer o que deveria aparecer.

 

Plataformas preferidas para assistir vídeos:

44% YouTube

22% Netflix

12% WhatsApp

8% TV Paga

6% Facebook

6% TV Aberta

1% Instagram

44% YouTube

12% WhatsApp

6% Facebook

1% Instagram

37% Outros


Confira esta e outras matérias na edição de janeiro da revista Conexão Varejo. Clique aqui e leia online!