Notícias

Lojas Linna, associada ao Sindilojas Porto Alegre, passa a vender pela internet

Tradicional varejista gaúcha de artesanato e decoração, a Lojas Linna está lançando seu e-commerce, que será ligado à operação física da empresa. O investimento foi de R$ 600 mil em operação, logística, tecnologia e equipe. O cliente pode receber o produto em casa ou pegar em uma das sete lojas da empresa. Cinco unidades ficam em Porto Alegre e as outras em São Leopoldo e Canoas. Além disso, a empresa tem dois centros de distribuição. 

— Como temos parceria com fornecedores que são grandes indústrias, recebemos os lançamentos antes do mercado em geral —  contou a gerente de e-commerce, Michelle Silva.

Das vendas pela internet, 16% já vão para fora do Rio Grande do Sul. A ideia é que, em dois anos, o e-commerce possa responder por 30% do faturamento. A empresa também usa bastante a internet para divulgar conteúdo, ensinando o que o cliente pode fazer com os produtos.

Mas a expansão física não para. Michelle conta que já foram iniciadas pesquisas para abrir mais duas lojas em 2019, com uma nova "roupagem", que o varejo chama de visual merchandising. Algumas operações oferecem também cursos e as salas serão de vidro, permitindo que clientes possam observa o que está acontecendo. 

Com 250 funcionários, a Lojas Linna segue como empresa familiar. Foi criada em 1992 pela empresária Rosi Frigo Luz, que segue como CEO e diretora. 

— Nossa marca faz parte da família de muitas pessoas, sendo indicada por gerações de avós, mães e filhas. Com o passar do tempo, as recomendações passaram a atingir locais onde a Linna não está fisicamente e começamos a receber solicitações de envio por correio — conta Rosi.

Fonte: GaúchaZH

  • Michelle Silva conta que o investimento foi de R$ 600 mil para estruturar o e-commerce. Crédito: Robinson Estrásulas