Notícias

NRF 2020: palestras e soluções inovadoras inspiram os lojistas

O Sindilojas Porto Alegre esteve presente na 111ª edição da NRF Retail’s Big Show, que aconteceu entre os dias 11 e 14 de janeiro, em Nova Iorque para descobrir as principais tendências do varejo mundial. Os representantes da entidade foram presidente Paulo Kruse, o vice-presidente Arcione Piva, e o vice-presidente de Relações Políticas e Institucionais Ronaldo Sielichow, acompanhados da empreendedora Bruna Luz.

Durante os dias de programação e exposição de marcas, a comitiva conferiu as novidades em inovação e estratégia de grandes cases do mercado. Na terça-feira (14), a vice-presidente da P&G, Monica Turner, participou de um painel sobre como construir relações próximas com os consumidores e explicou como a marca Tide, que está há mais de 70 anos no mercado e continua sendo o número um em vendas. A estratégia para manter a liderança está na adaptação. “ A sociedade mudou, as pessoas moram sozinhas ou dividem apartamento com amigos e dividem as tarefas da casa. A marca precisa acompanhar essas transições e entender a nova linguagem para se comunicar com o cliente”, comentou.

Logo após a participação de Monica, o fundador da Hello Products, Craig Dubitsky, subiu ao palco - com uma empolgação que demonstrou o amor que sente pela marca que construiu. A Hello Products trabalha com a transparência, um valor muito importante e procurado pelos novos consumidores.

Em sua trajetória, Craig notou que, no mercado de higiene bucal, ou as cores eram vermelha ou azul, e sempre os mesmos produtos e mesmas embalagens. Então, resolveu inovar. Produzido com menta natural, a pasta de dentes da Hello é muito natural.

Atualmente, a Hello Products está entre as melhores empresas para se trabalhar e está em primeiro lugar em vendas no Wallmart, Whole Foods e Walgreens - grandes e reconhecidas empresas dos Estados Unidos. Entre as dicas de Craig, destacam-se: fuja dos padões e não tenha medo de errar.

Visitas técnicas

Já nos dias 15 e 16 de janeiro, um grupo seguiu para visitas técnicas em lojas de NY, parte da missão empresarial em parceria com o Sebrae-RS. Quem faz o acompanhamento dos lojistas é Fabiano Zortéa, coordenador de projetos de moda do Sebrae-RS. Veja alguns destaques:

Levis: investiu muito no espaço de customização para se reinventar. A loja foi reformulada e, nessa loja-conceito, o cliente pode escolher todos os detalhes de uma peça jeans - a jaqueta, por exemplo, fica pronta em 72h. Sem contar que pensa muito na experiência do cliente, oferendo espaços de descanso e lazer.

Showfields: conceito novo de loja de departamento, com espaços alugados para as marcas, que passam por uma curadoria. As marcas que estão lá são diferentes, com ideias diferentes. Todos os ambientes da loja são “instagramáveis”.

Amazon 4-star: todos os produtos com mais de 4 estrelas no e-commerce vão para exposição na loja física, provando a importância da avaliação dos produtos, já que a curadoria dos produtos acaba sendo resultado da opinião dos clientes. É como "caminhar" por dentro da área de mais vendidos em cada categoria do site.

Neighborhood Goods: uma loja que começou como uma startup, cujo dono defende muito o varejo de serviços que promova outras marcas, a partir do aluguel de espaços da loja. A maioria das marcas que atualmente expõe ali é nativa digital, que aproveita o ambiente para que os clientes entrem em contato com seus produtos fisicamente.

Flying Solo: empresa de varejo e serviços, que aluga espaços para novos designers (o aluguel da arara custa, em média, 2 mil dólares). Também conta com uma curadoria, que avalia inclusive a "maturidade" dos produtos. 

Rebag: é uma loja exemplo de economia circular, muito usada como exemplo durante as palestras da NRF. A empresa foi muito bem aceita no mercado, provando que as novas gerações se preocupam com consumo consciente. Na loja, é possível comprar a bolsa e pagar por período (semana, seis meses etc), ou levar indefinidamente. A marca também compra bolsas usadas, em boas condições, principalmente de edições limitadas. 

b8ta: loja de eletrônicos que faz branding e conceito, além de colocar espaços para alugar dentro da loja. Da mesma forma dos outros exemplos, as marcas passam por curadoria e acabam tendo vantagem na divisão dos custos de uma loja física, sendo uma forma de negócio colaborativo.